•  
     

Reforma vai fechar a maior pista de Cumbica nas madrugadas

Reforma vai fechar a maior pista de Cumbica nas madrugadas
Previsão de concessionária é iniciar obras em 8 de outubro.
Empresa afirma que companhias terão de efetuar 'ajustes'.


A maior pista do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, ficará fechada por mais de dois meses para pousos e decolagens durante as madrugadas em razão de uma reforma.

O fechamento está previsto para começar em 8 de outubro, e a pista só deverá operar por 24 horas novamente após 18 de dezembro, pouco antes do pico de movimento trazido pelas festas de fim de ano, segundo informações da concessionária responsável pelo aeroporto, a GRU Airport.

A pista que será reformada tem 3,7 km e é usada predominantemente para decolagens. Ela ficará fechada diariamente da 0h até as 6h. Já a outra pista, um poucos menor, tem 3 km e é normalmente usada para pousos.

Segundo a concessionária, trata-se de uma “manutenção corretiva” da pista e não haverá diminuição da capacidade de operação do aeroporto durante as madrugadas.
No entanto, a empresa admite que alguns voos terão que efetuar ajustes ao usar a pista menor. "Alguns voos, em função da distância de pista disponível, terão que efetuar ajustes no balanceamento das aeronaves", informou a concessionária. Os detalhes das restrições ainda são estudados em conjunto com as companhias aéreas.

O aeroporto é administrado pela iniciativa privada desde 2012. A concessionária vencedora é formada pelo Grupo Invepar e pela operadora sul-africana ACSA.

g1.globo.com