•  
     

Quem são os principais presidentes das maiores empresas de tecnologia?

Conheça um pouco mais sobre os executivos responsáveis por algumas das maiores companhias do planeta.

As multinacionais do mundo da tecnologia movimentam bilhões de dólares, contam com clientes em todas as partes do planeta e precisam gerenciar a carreira de milhares de colaboradores.

Para lidar com tanta pressão, um CEO de uma empresa high-tech precisa ter jogo de cintura e mostrar habilidades de liderança fora do comum. Além disso, criatividade, intimidade com números, engenharia e muita coragem também são ingredientes comuns para esse tipo de cargo. Conheça algumas das pessoas que comandam as maiores empresas de tecnologia do planeta.

Google – Larry Page

Imagem

Larry Page é um dos cofundadores do Google. Ele, junto com Sergey Brin, deu início ao grande império da internet 15 anos atrás, em 1998. Page foi o primeiro CEO da companhia, deixando o cargo em 2001 para virar Diretor de Produtos. Contudo, em 2011, ele retornou ao cargo mais importante da empresa.

Nascido em 1973, nos Estados Unidos, Lawrence Edward Page é formado em Engenharia pela Universidade de Michigan e tem mestrado em Ciências da Computação pela Universidade de Stanford. Page é um dos maiores bilionários do mundo da tecnologia, com fortuna avaliada em US$ 23 bilhões.

Apple – Tim Cook

Imagem

Timothy D. Cook, mais conhecido como Tim Cook, nasceu em 1960, nos Estados Unidos. Sempre reconhecido como um ótimo aluno, ele se formou em Engenharia na Universidade de Auburn, em 1982. Em seguida, no final dos anos 80, ele também finalizou um MBA na Fuqua School of Business da Universidade de Duke, em 1988.

Cook trabalhou por 12 anos na IBM, chegando a chefiar alguns departamentos na companhia. De lá ele seguiu para a Compaq, empresa na qual ele ficou somente seis meses antes de ser levado à Apple por Steve Jobs, em 1998. Desde então, ele ocupou diversos cargos na Maçã, com destaque para os seus trabalhos como vice-presidente sênior de Negócios Internacionais, COO (diretor de operações) e, desde 2011, como CEO.

Podemos dizer que o presidente da Apple é um dos mais altos executivos do planeta. Falamos isso não só porque ele ganhou quase 400 milhões de dólares no ano passado ou porque ele encabeça uma das maiores companhias do mundo, mas também porque o CEO tem 1,90 metro de altura – uma característica bem curiosa. Outro detalhe um tanto desconhecido pelo público é o fato de que ele faz parte do conselho diretor da Nike.

Samsung – Kwon Oh-Hyun

Imagem

Kwon Oh-Hyun é, desde junho de 2012, o CEO da divisão de eletrônicos da Samsung. Vale lembrar que a companhia também atua em diversos outros mercados e, por isso, a empresa tem várias divisões, como Samsung Petroquímica, Samsung Indústrias Pesadas, Samsung Construções e Samsung Química Fina.

Oh-Hyun é um verdadeiro funcionário de carreira dentro da companhia sul-coreana, pois está lá desde 1985. Ele ganhou fama dentro da empresa na posição de chefe da seção de componentes e semicondutores, além de ter atuado em lançamentos de destaque, como quando ele foi o líder da equipe que desenvolveu o primeiro pente de memória DRAM de 64 MB, em 1992. O CEO é o autor de vários estudos sobre semicondutores e engenharia avançada, além de ser Ph.D. em engenharia elétrica pela Universidade de Stanford.

Dell – Michael Dell

Imagem

Michael Dell fundou a sua empresa em 1984. Cursando a faculdade, contando com um orçamento de 1.000 dólares na conta bancária e apenas 19 anos de idade, ele deu um show de empreendedorismo e faro de mercado. Michael começou a vender computadores personalizados com um serviço de pós-venda consistente e preços bem mais acessíveis que os seus concorrentes na época.

Os resultados não demoraram a surgir e logo no primeiro ano a empresa já rendeu US$ 6 milhões em vendas. Desde então, ele tem sido o CEO da Dell Inc, empresa cuja folha de pagamento abrange mais de 100 mil colaboradores. Durante os últimos 29 anos, Michael Dell guiou a empresa em diversas revoluções, aproveitando parcerias com gigantes do mercado e montando esquemas logísticos que são referência até hoje.

Ao longo dos anos, Dell também acumulou cargos em diversos conselhos de tecnologia e negócios ao redor do planeta, como sendo membro do Conselho de Negócios EUA, da Business Roundtable, do Comitê executivo do Conselho Internacional de Negócios e do Conselho de Fundação do Fórum Econômico Mundial.

Amazon – Jeff Bezos

Imagem

Em 1994, Jeffrey Bezos percebeu que a internet crescia mais do que qualquer outra coisa no mercado de tecnologia – e que ele deveria encontrar uma maneira de ganhar dinheiro com isso. Dessa forma nasceu a Amazon, o primeiro grande comércio online do planeta focado exclusivamente na venda de livros.

Desde então, Jeff Bezos vem atuando como o CEO da companhia – que continua crescendo a passos largos. Além disso, após a empresa nascer com um foco específico, eles seguem investindo em novos mercados também revolucionários. Basta nos lembrarmos de produtos inovadores, como os leitores e tablets da linha Kindle e as diferentes patentes registradas por Bezos e seus diretores.

Todo esse sucesso, no entanto, quase teve um fim abrupto quando, em 2008, o seu helicóptero particular sofreu um grave acidente. Ele também é conhecido por ser amante do espaço, pois investe pesado na Blue Origin, empresa que trabalha junto com a NASA e, recentemente, gastou uma fortuna para recuperar o motor da nave Apollo 11.

Em 1999, Jeff foi eleito pela revista Time como o “Homem do Ano”. Já em 2012, a CNN o elegeu como o “Homem de Negócios do Ano”, mostrando que ele continua firme na liderança da empresa. Além de líder da companhia, ele também se mantém rico, com uma fortuna avaliada em US$ 25,2 bilhões.

Sony – Kazuo Hirai

Imagem

Kazuo Hirai completa neste mês um ano como CEO da Sony. O japonês entrou na presidência da companhia em abril de 2012 e assumiu as rédeas da empresa com uma missão bastante complicada – devolvê-la ao caminho do sucesso.

Hirai trabalha na companhia desde 1995. O japonês, filho de um importante executivo bancário, viajou o mundo com o seu pai, morando em diversas partes do Japão e dos Estados Unidos. Isso, segundo ele, lhe rendeu muito conhecimento e ajudou na sua formação como profissional.

Talvez graças a essa grande noção de como funcionam outros mercados é que Kazuo Hirai conseguiu ser uma das peças-chave no sucesso do PlayStation. Seus planos de marketing, por exemplo, foram fundamentais para que o grande público conhecesse o equipamento japonês, tudo graças a ações bem ousadas, como anúncios na Nascar e em diversos outros esportes.

Microsoft – Steve Ballmer

Imagem

Steve Ballmer é formado em matemática e economia pela Universidade de Harvard. Inclusive foi lá que ele conheceu Bill Gates, o seu futuro parceiro e que, na época, era somente o seu vizinho de corredor. Ballmer trabalhou dois anos na Procter & Gamble Co. antes de assumir o primeiro cargo de executivo criado na Microsoft em 1980.

Desde então, ele atuou como vice-presidente sênior de Softwares e Sistemas e vice-presidente de Marketing. Após a aposentadoria de Bill Gates, Steve Ballmer assumiu a presidência da companhia, em 2000. Conhecido como sendo bastante enérgico, ele também é personagem de várias polêmicas no mundo dos executivos.

Ballmer ganhou, em 2012, um prêmio nada agradável: o de pior CEO dos Estados Unidos. Além disso, alguns ex-funcionários o acusam de se proteger no cargo de maneira bastante agressiva, vamos dizer assim, afastando colaboradores que possam ameaçar a sua posição dentro da companhia.

Contra as críticas, Steve Ballmer pode apresentar resultados impressionantes. O lucro anual da Microsoft, desde que ele assumiu como CEO, saltou de 25 para 70 bilhões de dólares. Ele também foi o responsável pela criação de novos setores muito interessantes (e rentáveis) para a empresa, como as divisões de Datacenters e do Xbox.

Facebook – Mark Zuckerberg

Imagem

A história de Mark Zuckerberg é amplamente conhecida em todo o planeta, contudo não há como deixá-lo de fora de uma lista como esta. Zuckerberg criou o Facebook a partir do seu quarto na Universidade de Harvard, em fevereiro de 2004. Desde então, o jovem comanda a maior rede social do planeta.

Em 2007, Mark já era considerado como um dos mais novos bilionários do mundo. O rapaz sempre contou com ajuda de várias pessoas no comando e desenvolvimento da empresa, com destaque para o polêmico Sean Parker.

Ele é conhecido por ser um verdadeiro fanático pelo seu próprio trabalho e também por não ligar muito para o dinheiro ou para as convenções sociais. Assim, além de trabalhar vestindo chinelos e moletom, ele realiza várias e substanciais doações a instituições filantrópicas.

TSMC – Morris Chang

Imagem

A TSMC ou Taiwan Semiconductor Manufacturing Company Ltd. é uma das maiores fabricantes de semicondutores do planeta. A empresa foi criada em 1987 e atualmente é liderada pelo seu fundador, o chinês Morris Chang. Ele, por sinal, trabalhou duro para chegar aonde está.

Chang fugiu da Guerra Civil Chinesa para Hong Kong e de lá seguiu para os Estados Unidos, em 1949. Nos EUA, Chang estudou em Harvard e no MIT, se destacando em várias áreas. Por isso, ele conseguiu passar por empresas gigantes, como a Texas Instruments – a qual bancou o seu Ph.D. na Universidade de Stanford.

Quase 30 anos após ele sair da China, o país o recrutou para ser o presidente do Instituto de Pesquisas em Tecnologia Industrial (ITRI). Lá, ele percebeu que o crescimento da tecnologia na Ásia ansiava por um produto bem específico: os semicondutores. Em pouco tempo Morris Chang levou a companhia à liderança do segmento, tornando-se a mais lucrativa fabricante de microchips de todo o planeta.

Em 2003 ele abandonou o cargo de CEO da TSMC para dirigir a Vanguard International Semiconductor Corporation. A “aventura” durou pouco tempo e, em 2009, Chang voltou à presidência da sua companhia, onde está até hoje.

Oracle – Larry Ellison

Imagem

Assim como diversos outros CEOs da lista, Lawrence J. Ellison também é um dos cofundadores da empresa que dirige. Ele fundou a Software Development Labs em 1977 em conjunto com um ex-parceiro de trabalho, chamado Robert Miner. Eles aproveitaram um sistema de cruzamento de dados que a IBM não quis explorar. Logo em seguida, a empresa foi rebatizada como Oracle e ganhou dois clientes de peso: uma base aérea norte-americana e a própria CIA.

Sempre dando prioridade a jovens trabalhadores, a companhia enfrentou uma grave crise nos anos 90, o que fez Ellison substituir todos os seus executivos por pessoas experientes. Isso, segundo muitos analistas, foi um movimento de mestre – e algo que fez a companhia retomar o crescimento, tornando-se uma das maiores companhias do mundo da tecnologia.

Larry Ellison é conhecido por perseguir de maneira incisiva a Microsoft, tudo para tornar a Oracle a maior empresa de softwares do planeta. Ele também é famoso por adorar esportes radicais e ser um pouco extravagante com o seu dinheiro. Recentemente, Ellison gastou 500 milhões de dólares na compra de uma ilha havaiana inteira, por exemplo.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/
 
fodaaa =)