•  
     

Primeira ligação via celular faz 40 anos; conheça os primeiros modelos

A primeira ligação de um aparelho celular, o Motorola DynaTAC, foi feita há exatos 40 anos, no dia 3 de abril de 1973. De lá pra cá, o celular se tornou um item indispensável para o público. Todo mundo cobiça os maiores lançamentos na área para aproveitar todas as possibilidades do novo item. Mas, como eram os primeiros celulares a saírem no mercado? O TechTudo traz para você os primeiros ‘tijolões’ que existiram. Confira:

Dá pra carregar no bolso?

Apesar de a primeira ligação ter sido feita em 1973, existiram projetos anteriores ao Motorola DynaTAC. Em 1888, Heinrich Hertz (nome da unidade de medida, Hertz) criou um aparelho capaz de transmitir códigos pelo ar. Tal invento permitiu, em 1914, a primeira ligação telefônica entre continentes. Porém, foi em 1940 que o celular surgiu como um aparelho capaz de alterar seu canal para que as frequências não fossem interceptadas.

Imagem

Em 1956, a Ericsson criou o Ericsson MTA, o primeiro celular do mundo, cujo qual pesava 60 kg. Para utilizá-lo era necessária a instalação permanente em um veiculo, mais especificamente em seu porta-malas.

Mais processamento, menor tamanho

Imagem

Em 1973, a Motorola, concorrente da Ericsson, inovou lançando um celular mais compacto que o de sua concorrente. O Motorola Dynatac 8000X tinha as delicadas medidas de 27 cm de comprimento, 7 cm de largura e pesava ‘apenas’ 1 kg. Nele foi realizado o que foi considerada a primeira ligação em um telefone móvel, no dia 3 de abril do mesmo ano.

Com seu lançamento, o Motorola Dynatac se tornou sonho de consumo de muitas pessoas, sonho este em que os ricos não se incomodavam em gastar de US$ 3995 a US$ 8657 (cerca de R$ 8 mil e R$ 17 mil, respectivamente). Com a chegada do Dynatac, a Era dos Celulares havia, de fato, começado


Corram! Ele tem uma bomba!

Imagem

Em 1984 a Nokia entra no mercado para desafiar as gigantes da telefonia móvel. O mundo conhece o Nokia Mobira Talkman. Diferentemente do Motorola Dynatac, o Mobira permitiria períodos de conversas mais longos. Enquanto o celular da Motorola permitia apenas 60 minutos de conversação, o Nokia Mobira oferecia aproximadamente cinco horas a mais. Embora fosse um aparelho móvel, o celular era recomendado para ser utilizado em carros, já que nem todo mundo se sentiria bem carregando quase 7 kg por aí.

É de brinquedo?

Imagem

A grande inovação em 1989 veio novamente por parte da Motorola, que lançou seu mais novo celular: o Motorola MicroTac. A inovação do novo aparelho estava em sua engenharia, já que parte de seu hardware estava em uma seção articulada, que consequentemente reduzia o tamanho do celular. Surge então o conceito de celulares Flip, que é utilizado até hoje.

Isso é uma pochete?!

Imagem

Lançado em 1994, o Motorola Phone Bag 2900 veio acompanhado de uma bolsa, que continha um transportador e a bateria. A bolsa podia ser carregada no ombro do usuário e, embora seu tamanho e desconforto fossem maiores do que os celulares menores, o novo aparelho móvel da Motorola ganhou o gosto popular. O Phone Bag 2900 permitia longas horas de conversa e suportava ficar mais distante das torres receptoras.

Afinal, por que se chama celular?

Para que seja possível a conversa entre celulares, devemos estar no alcance das torres receptoras. Cada torre está posicionada de forma que uma consiga suprir o sinal da outra quando este estiver fraco. A área de alcance dessas torres é chamada de células. Daí vem o nome do aparelho móvel que utilizamos em nosso dia a dia.

E aí, qual foi o seu primeiro celular? Pesava 5 kg? Dava para carregar no bolso? Conte a sua história nos comentários!

fonte