•  
     

Pelé diz que Corinthians tem de manter estilo em final

Campeão da Libertadores em 1962 e 1963, sendo que o último título foi conquistado justamente contra o Boca Juniors, adversário desta quarta-feira do Corinthians na decisão do torneio, Pelé passou a receita do que o alvinegro deve fazer esta noite no Pacaembu para conquistar o seu primeiro título continental.

“O Corinthians tem de fazer exatamente o mesmo que vem fazendo ao longo da competição, não pode mudar nada", disse o Rei do Futebol, durante entrevista coletiva em evento promovido por um patrocinador da Libertadores.

Até aqui, o Corinthians sofreu para ganhar a maioria dos seus jogos na Libertadores e vem apostando em um esquema defensivo, com forte marcação exibida até pelos jogadores de ataque. Porém, com este estilo de jogo, chega ao segundo duelo da final invicto nesta edição da competição.

Pelé ainda aproveitou para reforçar a sua torcida pelo time de Tite, apesar de os corintianos terem eliminado na semifinal o Santos, clube pelo qual o astro se consagrou. “É uma decisão sem favorito, mas como eu sou brasileiro, vou torcer para que o Corinthians ganhe”, garantiu, como já prometido logo após a eliminação da equipe santista.

O ex-jogador, porém, não deixou de brincar com o presidente do Corinthians, Mário Gobbi, também presente ao evento desta quarta. “Na época em que eu era jogador, ganhei tanto do Corinthians, que não tem como eu ter raiva deles. O Corinthians só me deu alegrias”, lembrou.
 
Continuar com o estilo de ficar 100 anos sem uma libertadores! (:
 
se o pelé que fala eu confirmo kkk D: