•  
     

OVNI avistado em Pampa Múyoj na Argentina é objeto sólido

Imagem
ndrea Pérez Simondini e Salvador Carta, da organização Visión OVNI, com sede em Victoria, Entre Ríos, Argentina, e o pesquisador Dr. Andrés Miotti, chegaram a um consenso de que uma foto tirada por dois engenheiros num campo de Pampa Múyoj realmente mostra um Objeto Voador Não Identificado.

Os especialistas realizaram uma análise da foto e chegaram à conclusão de que se trata de um objeto "sólido e simétrico", o qual reflete a luz solar, não deixando dúvidas de que é mesmo um OVNI (não necessariamente uma nave alienígena, como todos já devem saber).

A análise do Dr. Miotti coincidiu com a dos investigadores. Ele mencionou que "só faltava poder ver as janelas" da nave".

A foto foi envidada para Andrea Pérez Simondini a fim de ser estudada e o informe elaborado com seu companheiro Salvador Carta, perito em fotografia, especifica que na foto "se observa uma entrada importante de luz, saturando a exposição de maneira que se expôs ao sensor de sobrecarga, num plano frontal e superior, e produziu um realce do contorno do objeto, refratando o brilho ao mesmo tempo que o contraste".

Suspeitava-se que o 'objeto' seria o efeito de saturação de luz, mas os estudiosos acrescentam que ao produzir-se uma saturação de luz, há distorções que impregnam falsas imagens na foto, o que não ocorreu neste caso.

"Foi determinada a exposição da presença de um objeto simétrico, de características sólidas, o qual captura a exposição dos raios solares? Por tudo que está exposto, confirmamos que o objeto registrado na foto é um Objeto Voador Não Identificado", constou o informe.

O Dr. Miotti disse que a foto "é espetacular; um pouco mais se poderia ver as janelas. Ele é verdadeiro".

Avistamentos de OVNIs são frequentes nesta parte da província argentina e Miotti disse que "em geral, em todo Santiago del Estero tem-se visto OVNIs. Há muitos anos temos pedido para que se registrem as informações sumárias, a fim de deixar documentado a hora, data e circunstâncias em que se vêem essas naves? Se isso tivesse ocorrido, Santiago teria hoje um arquivo de 2000 ou 3000 avistamentos, facilmente".

A informação foi publicada ontem, 25 de abril, no site do jornal argentino El Liberal. Infelizmente o OVNI Hoje não conseguiu obter a foto original.
fonte: Ovnihoje