•  
     

O avião chamado de lar

Americano adapta Boeing aposentado para transformá-lo em sua casa


Imagem


O que fazer com um avião que não serve mais para viajar pelo mundo? Desmontar? Reciclar? Bruce Campbell, de 62 anos, e morador de Hillsboro, no estado americano do Oregon, resolveu chamar de lar. Ele comprou um Boeing 727-200 aposentado e o transformou em sua casa.

Estacionado permanentemente em uma área de floresta da costa Oeste dos Estados Unidos, a “nova” residência de Campbell, que se denomina "o velho nerd da tecnologia", tem, segundo ele mesmo, todo o espaço que precisa para ser confortável, com 1066 m² de área interna. Já tendo investido cerca de 220 mil dólares - 100 mil no avião mais 110 mil em reformas e custos adicionais -, o proprietário marcou presença nos mais diversos noticiários americanos por seu novo conceito de moradia.

O visual bagunçado se justifica, pois o avião está sendo todo adaptado para se tornar a “casa dos sonhos”. Foram removidas as poltronas para dar espaço às suas coisas, iniciou a canalização de chuveiros e a instalação de uma cozinha. “As saídas de emergência dão para as asas, que são ótimos deques para curtir as noites de verão”, diz Campbell.

O alto investimento em reformas e adaptações na vida de Bruce Campbell levanta uma questão: por que viver dessa forma se ele tem o dinheiro para ter uma casa normal? “Os aviões estão entre as mais incríveis invenções que a humanidade já construiu. É uma experiência totalmente nova. Não é para qualquer um, mas acredito fielmente que seja para mim”, finaliza.

Imagem


Imagem


Imagem


Imagem


Imagem


Fonte: Casa e Jardim
 
LOL,muito louco.

Investiu bem,tá ae o resultado =)
 
oua veio eu nao tinha vontade de boa uhashsa
 
zuado.
 
cara _____