•  
     

Mulher usada como escudo por criminosos passa por cirurgia e está em estado grave Tiro atravessou o corpo e provocou fratura exposta; cirurgia durou 4 horas

Após quatro horas e meia de cirurgia, a mulher que foi usada como escudo por criminosos que invadiram um PAM (Posto de Atendimento Médico) em Coelho Neto, zona norte do Rio, na tarde desta terça-feira (4), foi encaminhada para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Estadual Carlos Chagas. Ela está em estado grave, segundo o hospital.

De acordo com o boletim do estado de saúde da vítima, perfuração atravessou o abdômen e saiu pelo glúteo da paciente, o que provocou fratura exposta da região da bacia. A fratura obstruiu também o intestino, o reto e o baço.

Perseguição e sequestro

O sargento Paulo César, lotado no Batalhão do Irajá (41º BPM), contou que passou a perseguir os criminosos que invadiram o PAM , após sentir cheiro de maconha vindo do carro da dupla. Os bandidos fugiram e dispararam contra a polícia.

— Quando chegaram no sinal [na avenida automóvel clube], os criminosos foram obrigados a parar o carro. Ainda tentando fugir, os bandidos subiram na calçada, bateram em alguns carros e atropelaram alguns pedestres. Nesse momento eles começaram a disparar contra os policias e na troca de tiros, um bandido foi baleado.

Paulo César lembrou que o bandido morto foi baleado após tentar fugir do posto de saúde.

— Ele usava uma pistola e fez muitos disparos contra mim. Eu saí do hospital e, quando voltei, vi que tinha uma vítima baleada. Ao tentar fugir, ele foi baleado e morreu.

A arma do policial foi apreendida para perícia. Após o tiroteio na unidade de saúde, um criminoso fugiu e sequestrou um ônibus escolar. Ele obrigou o motorista a levá-lo até o morro da Pedreira, em Costa Barros. As crianças que estavam no veículo não notaram a ação criminosa.

Permaneceram no PAM de Coelho Neto apenas os funcionários administrativos, que prestam informações à PM. As consultas foram interrompidas e serão reagendadas. A secretaria pede que os pacientes que tenham consultas marcadas para esta terça-feira no PAM de Coelho Neto não se dirijam ao local e aguardem contato das equipes da unidade informando nova data.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Marechal Hermes (30ª DP).


fonte : http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/n ... 20904.html
Anexos
pam.png
 
Após quatro horas e meia de cirurgia, a mulher que foi usada como escudo por criminosos que invadiram
nossa mano que do