•  
     

Metade da população mundial deve ter acesso à internet até 2017

12261218614155054.jpg
12261218614155054.jpg (26.72 KiB) Visto 43 vezes

A empresa Cisco é uma das mais respeitadas no ramo das telecomunicações em todo o mundo. E um estudo realizado pela empresa mostra que há uma estimativa bem promissora em relação ao crescimento da internet em todo o mundo. Segundo os estudos da empresa, até o ano de 2017 cerca de metade da população mundial já deve ter acesso às redes, o que certamente irá gerar tráfegos altíssimos de dados.

Se as previsões forem concretizadas, cerca de 121 exabytes de informações serão transmitidas mensalmente. Isso representa a transferência de 30 bilhões de DVDs, 28 trilhões de arquivos MP3 ou 750 quadrilhões de mensagens de texto em celulares. Atualmente, o fluxo de dados mundial é de pouco mais de um terço deste valor, o que já representa um volume muito alto de dados trafegados.

A Cisco ainda revela dados mais atuais sobre a internet mundial. No ano passado, 2,3 bilhões de pessoas ao redor do mundo possuíam acesso à rede, o que representa cerca de 32% da população mundial — que é de cerca de 7,2 bilhões de pessoas. A empresa também informa no relatório que a média de velocidade (que atualmente é de 11,3 Mbps) deve chegar aos 39 Mbps até 2017.

Outro dado bem relevante é a estimativa para o tráfego oriundo de equipamentos que não são computadores. Em 2012, esse valor era de 26%, o que pode quase dobrar e chegar aos 49% em quatro anos. Isso é um reflexo bem interessante do crescimento dos mercados de portáteis, como tablets e smartphones, em todo o planeta.


Fonte