•  
     

Lula recebe a visita de Pelé

Imagem

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta-feira (24) a vista do ex-jogador Pelé. O encontro aconteceu na sede do Instituto Lula, em São Paulo. Os dois se reuniram um dia depois da classificação do Corinthians, time do qual o ex-presidente é torcedor, na Copa Libertadores da América.

Pelé presenteou Lula com livro sobre o centenário do Santos Futebol Clube, que pode ser o próximo adversário do Corinthians na competição. Para que isso aconteça, basta que o time litorâneo vença o argentino Vélez Sarsfield em partida que será disputada na noite desta quinta.

Leia mais notícias no R7

De volta ao cenário político após passar meses se tratando de um tumor na garganta, a principal preocupação de Lula no momento é costurar as alianças em torno da candidatura de Fernando Haddad (PT) em São Paulo. Lula quer fechar com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, o apoio do PSB à chapa de Haddad antes do dia 2 de junho.

O objetivo é evitar que o partido chegue sem nenhuma aliança no encontro municipal de delegados que vai referendar o ex-ministro da Educação como candidato à Prefeitura de São Paulo. O PT pretende anunciar alguma parceria eleitoral, com pelo menos um partido, antes do evento para demonstrar que Haddad não está sozinho e consegue agregar outras forças políticas.

Aliados tradicionais do PT, como o PCdoB, recusam-se até o momento a fazer parte da aliança e ensaiam uma candidatura própria. O PSB é o alvo preferencial do PT por causa do compromisso assumido em janeiro por Campos com Lula de que não caminharia com José Serra (PSDB). Em troca, o PT teria de abrir mão da candidatura em cidades estratégicas para o PSB.