•  
     

LIGAÇÃO DE GRAÇA NO ORELHÃO DA OI

Ligações locais estão de graça em orelhões da Oi

Por decisão da Anatel, empresa não poderá cobrar para realizar chamadas em 2.020 cidades enquanto não melhorar o serviço.

Imagem


Se você estiver na rua e precisar ligar para sua casa, saiba que não será mais preciso sacar seu celular ou comprar um cartão telefônico para isso. Por conta de uma determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a operadora Oi não poderá cobrar por chamadas locais feitas a partir de telefones públicos de 2.020 cidades brasileiros.

A medida, válida desde a última quinta-feira, foi decretada pelo órgão como uma forma de punição à companhia devido à falta de aparelhos em vários municípios, além da péssima conservação dos poucos que restaram — uma realidade considerada crítica em 1.724 municípios espalhados em 9 estados. Nessas localidades, você poderá realizar suas ligações sem a necessidade do cartão e, por mais que você o insira, os créditos não serão consumidos.

Ainda de acordo com a Anatel, a gratuidade nessas regiões deve durar até o dia 30 de outubro, uma vez que esse é o prazo dado à Oi para que ela conserte 90% dos orelhões danificados. Segundo o vice-presidente do órgão, Jarbas Valente, menos da metade desses dispositivos está funcionando corretamente.


Valente ainda explica que a decisão vem como uma alternativa às multas, que não demonstravam resultado. Segundo ele, a empresa era notificada sempre que a fiscalização encontrava equipamentos defeituosos, mas isso não era o suficiente para acabar o problema.

A falta de aparelhos

Outro problema apontado pela agência é a baixa quantidade de telefones públicos existentes em muitas cidades. Embora os moradores de quase 300 municípios possam realizar ligações sem gastar com isso, eles terão de caminhar muito para encontrar um aparelho disponível, já que sua distribuição está sendo considerada insuficiente pelo órgão fiscalizador.

Imagem

A recomendação da Anatel é que haja um orelhão a cada 300 metros, mantendo a proporção de quatro equipamentos para cada 1.000 habitantes. Como a Oi não conseguiu alcançar essa meta, a população dessas localidades poderá falar de graça até o dia 31 de dezembro.

Posso ligar?

Há duas maneiras de descobrir se a sua cidade está sendo “contemplada” com a gratuidade momentânea nos orelhões da Oi. A primeira é ir à caça de um aparelho que funcione e tentar ligar para alguém sem colocar um cartão — ou seja, a forma óbvia. Porém, se você está com preguiça de fazer essa jornada, outra opção é esperar a relação de municípios, que a própria operadora e a Anatel devem liberar em seus sites oficiais.

Fonte: INFO