•  
     

Irã lança cópia do YouTube só com conteúdo aprovado pelo governo.

23296797110154321.jpg


O Irã vive “de mal” com a internet: já bloqueou por algum tempo serviços como Google e Gmail e teria sido um dos principais alvos do vírus Stuxnet. Agora, em vez de combater essas ameaças, o país resolveu criar serviços próprios e que respeitem a ideologia local.

A mais nova empreitada deles é o Mehr (“adorável”, em persa), um clone do YouTube voltado para “promover a cultura local”. Mas o objetivo do recurso é bem mais específico: permitir que pessoas postem vídeos na rede (apenas o que for considerado apropriado, é claro) e assistam a conteúdos criados pelo governo (como propagandas políticas).

A página é bastante lenta e ainda tem um acervo limitado, mas pode ser acessada por aqui. Fora o YouTube genérico, o Irã ainda estaria planejando a criação de um provedor doméstico completo para ampliar o controle da população, mais ou menos nos moldes da Coreia do Norte.

Fonte: Cnet
 
namoral mano como os cara consegue ler essas letras shusuh
 
Ta em Aramaico isso ai? rs.