•  
     

Inter goleia o VEC, apaga derrota no ____ e confirma Gre-Nal na final do returno

ImagemInternacional 4x0 Veranópolis Imagem

O Internacional afastou a desconfiança da torcida neste domingo, ao golear o Veranópolis por 4 a 0 e se confirmar na final do segundo turno do Gauchão. Dátolo, duas vezes, Leandro Damião e Índio asseguraram a vitória que apaga a exibição pífia do meio de semana, no ____ ante o Juan Aurich. Agora, o colorado encara o Grêmio no próximo domingo, no Beira-Rio, por uma vaga na grande decisão do certame.

A escalação da equipe foi diferente do previsto, e da própria amostragem dada por Dorival Júnior no treino de sábado. Rodrigo Moledo e Dagoberto começaram e ajudaram o time vermelho a dominar o campeão do interior desde o primeiro minuto.

Imagem

A vitória, no entanto, teve uma notícia ruim: a lesão de D’Alessandro, que deve ser confirmado como baixa para o confronto com o Fluminense, pela Libertadores. A compensação da baixa veio também em espanhol, com atuação destacada de Dátolo – autor de dois gols e de grande movimentação. Dagoberto e Sandro Silva também jogaram bem.

O Inter começou em cima, mas um tanto quanto afoito. O Veranópolis aguardava um vacilo para encaixar um contra golpe. Nesse panorama, o colorado foi se tornando bem superior. Dominando o meio-campo. O placar se alterou aos 17 minutos, após boa jogada de Dagoberto.

Após disparar pela direita, o camisa 20 cruzou rasteiro. A zaga do interior se atrapalhou e Dátolo ficou sozinho. De cara para o gol, o gringo só colocou a bola no fundo da rede. Logo depois, D’Ale sentiu um desconforto na coxa e seguiu tentando permanecer.

Dez minutos depois de levar a mão na coxa, D’Alessandro saiu. Visivelmente chateado e se tornando dúvida para o confronto com o Fluminense. Jajá, seu substituto, acrescentou mais velocidade. O segundo gol, porém, teve os mesmos personagens.

Dátolo tabelou com Dagoberto, invadiu a área e chutou. A bola bateu no zagueiro e no camisa 23 e foi devagar para o fundo do gol. Antes do intervalo, o VEC ainda levou perigo com Lê e Raulen em chutes de longe.

No segundo tempo, a supremacia do Inter foi muito maior. Logo de cara, Jajá Coelho teve duas chances para ampliar. Mas ambas pararam no goleiro Luiz Muller. O terceiro gol saiu aos nove, em passe do próprio. Ele lançou Damião e o centroavante invadiu a área sozinho. Passou pelo goleiro e escolheu o canto.