•  
     

Funcionário de banco na Alemanha dorme no teclado e transfere mais de R$ 600 milhões

http://www.engenhariae.com.br/wp-conten ... 3%B5es.jpg

Segundo uma reportagem da Agence France Presse (reproduzida pelo Huffington Post), o colaborador, talvez doente, cansado do serviço ou quem sabe simplesmente sofrendo de algum tipo de narcolepsia – condição neurológica caracterizada por episódios irresistíveis de sono e em geral distúrbio do sono, dormiu enquanto realizava uma simples transferência de valores.

Assim, em vez de enviar 62,40 euros, o funcionário pegou no sono apertando a tecla “2”, o que resultou em uma transferência de “apenas” 222.222.222,22 milhões de euros – aproximadamente 633.494.356 reais no câmbio atual. O caso foi parar no tribunal alemão.

]E quem pagou o pato?

Ainda segundo o jornal, a “bagunça” ficou tão famosa porque quem acabou perdendo o emprego foi outro funcionário do banco, um homem de 48 anos que, por sua vez, acabou deixando o erro passar.

O banco teria corrigido o erro a tempo e mandado o segundo funcionário embora, tudo por não ter conferido o valor corretamente. Ele, então, processou a instituição financeira e acabou ganhando o processo, que obrigou o banco a recontratá-lo.