•  
     

FTP – Como Surgiu e Por que é Utilizado Até Hoje

Se você tem um site, um blog ou costuma navegar pela Internet usa ou já ouviu falar de FTP. Essas três letrinhas significam “File Transfer Protocol” que, em português quer dizer “Protocolo de Transferência de Arquivos”. E é a forma mais simples e veloz para a troca de arquivos entre o seu computador e um servidor da Internet. A sigla FTP pode também se referir aos programas usados para concretizar essas transferências. Quando falamos de FTP e pretendemos nos referir aos programas que fornecem acesso ao HD de um usuário ou a um servidor na Internet, nós devemos chamá-las de servidores FTP. E eles podem ser acessados por qualquer usuário de uma rede ou ter acesso restrito apenas a usuários

cadastrados e autorizados pelo administrador da rede. ImagemO servidor FTP pode utilizar o protocolo FTP pelo próprio navegador ou através de um programa conhecido como cliente FTP dedicado.

Pode parecer confuso; mas a diferenciação é simples se lembrarmos que o servidor FTP é sempre um software (um programa) capaz de gerenciar a troca de arquivos e o protocolo FTP é efetivamente a transmissão de dados entre o servidor web e o HD local.

A necessidade de transferirem-se arquivos entre as diversas redes de computadores que deram origem a Internet fez com que surgisse o FTP no início dos anos de 1970, mais precisamente em 1971 no MIT (Massachussetts Institute of Techology), e foi melhorado e teve inovações importantes acrescidas a ele em julho de 1973 de forma a ser usado com o sistema operacional UNIX. Sua simplicidade de uso e a facilidade de implementação e de manutenção o fizeram ser utilizado até os dias atuais. O protocolo FTP é genérico e não depende de hardware e de sistema operacional. A transferência é feita sempre que desejada e as únicas restrições são dadas pelas liberações ou proibições de acesso dos usuários.
Para se processar a transferência dos arquivos entre os clientes (o solicitante da conexão) e o servidor (quem recebe a solicitação), é necessária a apresentação de dados como a identificação do usuário que deseja conectar-se (user id), a senha de acesso e o nome exato do servidor que está sendo contatado (endereço IP). A conexão é realizada (se tudo estiver correto) usando o que se chama de portas. As portas nada mais são do que canais por onde a comunicação entre cliente e o servidor é realizada. O FTP usa duas portas: a porta 21 (controle) e a porta 20 (transferência de arquivos). E você pode fazer essa comunicação tanto utilizando parâmetros digitados numa linha de comando ou usando um programinha especialmente criado para facilitar essa operação. Também é possível utilizar o protocolo de transferência de arquivos (FTP) pelo próprio navegador WEB.
Como muitas coisas ligadas a Internet nos dias de hoje, o FTP (tanto o protocolo quanto os programas) é usado quase instintivamente por inúmeros usuários da grande rede sem que esses se dêem conta de como esse simples instrumento facilitou enormemente as suas vidas.


Fonte:http://www.ancorador.com.br/internet/ftp-como-surgiu-por-que-e-utilizado-ate-hoje
Última edição por ~Junior^^ em 17 abr 2013 22:13, editado 1 vez no total.
 
Fonte?