•  
     

deixe 1 poesia aki do seu gosto vlw :D

Chega de reclamações,
de maldizer a vida!
Sinta! que aventura sem fim é viver
Ter a oportunidade de conhecer-te
Nesta viagem esplêndida …
poder reconhecer-me
no semblante de cada ser
Trazer pra mim, um eterno aprender
e a cada dia em cada anoitecer,
sentir em mim um novo renascer,
e assim ter a felicidade
de me desprender
da dor, do sofrimento
e não mais maldizer
a vida, que nada mais é
do que lições na busca
do conhecer-se.
Faça amizade com você,
Fique em paz
e sinta o que precisas
aprender
se aceite, nesse sofrer
que certamente,
seguirá a luz
que aparecerá em seu socorrer!!!
 
Te desejo Nesta Semana
Paciência para as dificuldades
Tolerância para as diferenças
Benevolência para os equívocos
Misericórdias para os erros
Perdão para as ofensas
Equilíbrios para os desejos
Sensatez para as escolhas
Sensibilidades para os olhos
Delicadezas para as palavras
Coragem para as provas
Fé para as conquistas
E amor para todas as ocasiões...


DaNNNN
se Gosto da Joinha :lol:
 
Eu te peço perdão por te amar de repente
Embora o meu amor
seja uma velha canção nos teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos
Das noites que vivi acalentando
Pela graça indizível
dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçura
dos que aceitam melancolicamente.
E posso te dizer
que o grande afeto que te deixo
Não traz o exaspero das lágrimas
nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras
dos véus da alma...
É um sossego, uma unção,
um transbordamento de carícias
E só te pede que te repouses quieta,
muito quieta
E deixes que as mãos cálidas da noite
encontrem sem fatalidade
o olhar estático da aurora..
 
Desejei fugir desta cidade
Buscar a famosa felicidade
Levá-la na carona do meu carro
Para qualquer lugar do mundo
Isto sim seria perfeito
Mesmo que fosse só por um segundo

Embarquei no veículo paixão
Combustível desejo
Acelerei todo meu coração
Mas eu fui rápido demais
E em apenas um beijo
Caí em tentação

Me acidentei a duzentos quilômetros por hora
Bati de frente com um caminhão
E meu coração
Que não quis usar o sinto
Por hora chora
Espatifado no chão

Quando finalmente saí do hospital
Tive de adquirir outra condução
Pois a paixão deu perda total
Resolvi acatar a escolha do meu coração
E segui dirigindo meu amor
Mesmo beliscando a contra-mão

Apertei o sinto no amor
Combustível suspiro
Acelerei um pouco
E senti uma dor
É que pensei em você
E minha vida deu um giro

Esse meu amor é um veículo de grande porte
E mesmo que ande devagar
Eu jamais imaginei ter esta sorte
Andar no amor e poder te encontrar

O meu amor já me levou em muitas aventuras
Já passou pela chuva e pelo calor
Ja me fez passar pelas estradas mais inseguras
Mas este é o meu veículo preferido
Quase não dá manutenção
Só às vezes
Quando encontro um certo parafuso perdido
Que me permite soltar o freio de mão

Devo confessar que meu amor agora não roda mais tanto
Já é suficiente a quilometragem
Porque estacionei em frente a sua garagem
E sei que por isso jamais vou levar multa
Porque estacionar aqui resulta
Em ter teu beijo
Andar no amor
Atropelando a saudade
Rebocar o meu pranto

Ultrapassando qualquer dor


Autor
Lucas Adriano dos Santos