•  
     

De volta? Riquelme projeta reunião com o Boca e se coloca 'à disposição'

Meia quebra silêncio e revela que vai conversar com os dirigentes do clube argentino para decidir se retorna à equipe na próxima temporada

Pouco mais de quatro meses após anunciar sua saída do Boca Juniors, o meia Juan Román Riquelme já não descarta mais a possibilidade de retornar ao clube. Nesta terça-feira, o jogador quebrou o silêncio com a imprensa e revelou que vai se reunir com os dirigentes xeneizes em dezembro para saber as intenções da diretoria.
- Quando chegar na metade de dezembro vejo que decisão tomar. Quero saber o que o Boca quer. Se posso voltar a jogar? Preciso sentar para conversar com eles, escutar a parte do Boca, se acham que precisam ou não de mim. Se o Boca precisar de mim, estou sempre à disposição – explicou Riquelme, em entrevista coletiva.

Imagem


Apesar de admitir voltar aos gramados, o ídolo do Boca afirmou que está aproveitando a vida fora dos campos. O único problema, até o momento, foi não poder ir aos jogos da equipe, com medo de gerar uma manifestação da torcida.
- Sou muito respeitoso, por isso não vou ao estádio. Não é um bom momento. No mais, estou melhor que no semestre passado. Estou tranquilo, me sinto com muita alegria e desfrutando de muitas coisas, que antes não podia.
Por fim, Riquelme garantiu que não tem problema de relacionamento com o técnico do Boca, Julio César Falcioni, como foi especulado quando ele ainda estava em atividade. Por conta disso, ele negou que seu retorno esteja vinculado à demissão do treinador.
- Nunca tive problemas com Falcioni. Sair do Boca foi uma decisão minha. Sempre tentamos solucionar todos os temas. Resolvemos coisas para todos os companheiros – finalizou o meio-campista.

Fonte: GloboEsporte.com
  •