•  
     

CUIDADO NA HORA DE COMPRAR

Com o objetivo de prevenir a grande maioria dos compradores, o Procon conta com uma lista com diversas lojas digitais que são consideradas suspeitas — eles se baseiam na quantidade de reclamações por atraso de entrega, falta do produto comprados, entre outros fatores. E essa preocupação aumenta no fim do ano, por conta da temporada de festas e promoções como a Black Friday.

A novidade é que essa listagem apresenta um crescimento contínuo, de maneira que as 200 páginas registradas no início do trabalho já são 323 ao todo — ou seja, mais de 3 centenas de sites com algum tipo de problema com o consumidor. Para que você tenha uma ideia melhor, desde o dia oito deste mês, 18 novos endereços fazem parte da lista.

Não é perfeito...
Apesar da atualização, já foi constatado que lojas potencialmente perigosas estão fora dessa seleção, de maneira que ela serve mais como um aviso. Caso você queira conferir de maneira mais precisa, há diferentes sites de reclamação online que podem ser utilizados para que você pesquise sobre a experiência de outros compradores.

Além de tudo isso, dependendo da gravidade de cada caso, o RegistroBR pode até mesmo retirar alguns endereços do ar, principalmente se as mesmas reclamações são verificadas há meses. No entanto, algumas lojas que ainda recebem queixas periódicas continuam com as suas atividades regularmente.

As últimas
Abaixo, você pode conferir uma lista feita pelo pessoal do site Gizmodo, com os últimos 15 sites que foram adicionados à lista do Procon. Caso você tenha comprado algo em algum deles, é melhor conferir como anda a entrega do seu produto.



Abra o arquivio.pdf e descubra mais sites ou [CLIQUE AQUI]

FONTE TECMUNDO
Anexos
acs_sitenaorecomendados.pdf
(69.85 KiB) Transferido 82 vezes