•  
     

Conheça Michael Spann, o homem capaz de chorar sangue

Spann sofre de uma doença indefinida e que faz com que quantidades de sangue sejam expelidas involuntariamente pelos seus olhos toda semana.

Imagem


Michael Spann sofre há sete anos de uma condição que nenhum médico conseguiu diagnosticar até o momento: periodicamente, pequenas quantidades de sangue são expelidas pelos seus olhos, pelos ouvidos e pelo nariz sem que o jovem tenha qualquer controle sobre a situação.

De acordo com os relatos de Spann, ele sofre fortes dores de cabeça que precedem o momento da vazão do sangue. Apesar de tentar trabalhar e seguir uma vida comum, Spann sofre bastante com sua condição, já que as manifestações podem ocorrer repentinamente em qualquer lugar (trabalho, ônibus, faculdade, entre outros).


Problema sem solução imediata

“Não consigo ficar em nenhum trabalho, pois tenho fortes dores de cabeça e começo a sangrar. Também não posso trabalhar como garçom ou em lugares públicos por causa disso”, contou Spann. Ele não gosta nem de ser fotografado ou de dar muitas entrevistas à respeito do assunto, já que é algo que o perturba muito. A mãe de Michael, Peggy, disse que sempre que o filho conhece pessoas novas ou passa por situações diferentes seus olhos já começam a lacrimejar sangue.

“É bastante frustrante não saber que doença meu filho tem e não poder tratá-lo corretamente”, revelou a mãe. O médico de Michael Spann, James Fleming, disse que é possível fazer um exame de diagnóstico nos canais lacrimais de rapaz. Porém, como esses canais são muito pequenos (com milímetros de diâmetro), é bastante provável que danos permanentes possam ocorrer durante o exame – o que causa um dilema sem solução para a família. Atualmente, eles procuram por tratamentos alternativos para encontrar a cura do problema de Michael.


fonte