•  
     

Como conservar a bateria do notebook

A explosão de vendas dos notebooks é incontestável. Em 2008, conforme dados do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), 95% das residências com acesso à rede utilizavam ao menos um computador de mesa; no início de 2012, os PCs de desktop diminuíram sua participação para 79% dos domicílios, enquanto os notebooks saltaram para o índice de 39% das preferências. A tendência estatística é, portanto, que o PC de mesa seja relegado à História, uma vez que tablets, laptops, celulares e outros dispositivos portáteis ganham espaço e tendem a superá-lo em popularidade dentro de poucos anos.

O consumidor cada vez mais inclinado aos portáteis deve, no entanto, observar cuidados com o laptop, além daqueles que já observava com o PC de mesa, em razão da diferença de arquitetura. Um dos aspectos a considerar é a bateria: ela é a parte mais cara do aparelho, dependendo do modelo, pode custar quase o preço de um notebook básico completo, portanto, nada melhor do que tomar algumas precauções específicas com ela.


Bateria-notebook.jpg
Bateria-notebook.jpg (13.32 KiB) Visto 204 vezes


1- Aproveite melhor o tempo da bateria gerenciando o uso de energia

No Windows 7 e no Vista, você possui uma série de opções para configurar, de modo econômico, o uso dos recursos de seu laptop, visando prolongar o tempo de funcionamento da bateria quando você está longe de uma fonte de abastecimento. Tais opções localizam-se no "Painel de Controle", na aba "Opções de Energia".

Clique na opção que permite selecionar um plano de energia. Mude para o plano "Economia de energia". As alterações são aplicadas imediatamente, sem a necessidade de confirmação.

À direita do plano de energia marcado, você pode clicar na opção de alteração das configurações do plano. Esse recurso permitirá que você defina configurações mais avançadas sobre o funcionamento dos componentes do laptop em relação a seu consumo de eletricidade.

2- Aumentando a vida útil da bateria

A bateria é o coração do notebook; sem ela, o seu portátil não é nada mais que um PC de mesa estilizado.

Uma bateria que permanece constantemente ligada a rede elétrica, que nunca é descarregada, tende a ter sua vida útil bastante reduzida, prejudicando, inclusive, a sua capacidade de gerenciar energia quando necessário. Além disso, se você deixa o notebook constantemente ligado à rede elétrica, deixará o aparelho vulnerável a contratempos, como picos de voltagem e cortes abruptos de luz.

Carregar a bateria de maneira compulsiva, a cada perda de 5% de energia, também não ajuda. Na verdade, essa prática oferece o mesmo fator de risco para sua degradação que mantê-la conectada à tomada indefinidamente.

O correto é plugar o carregador na tomada apenas quando o nível da bateria está com cerca de 15% de sua capacidade carregada.

Assim que você começar a carregar a bateria do notebook, não interrompa o procedimento até que se complete o ciclo de carregamento e ela fique cheia novamente.

Outro comportamento que deve ser evitado é deixar a bateria descarregar por completo frequentemente.

3- Bateria na geladeira

Se você pretende deixar o notebook desligado por mais de duas semanas, ou no caso de possuir uma bateria extra, certifique-se de deixá-la com um nível de carregamento inferior a 50% e de guardá-la num local seco, arejado e distante dos raios solares.

Assim como outros componentes de computação, as baterias são sensíveis ao calor e têm sua vida útil reduzida à medida em que são expostas a temperaturas mais altas.

Ah, muito importante: jamais ligue o notebook com as suas saídas de ar obstruídas por objetos (os mais comuns são lençóis e cobertores).

4- Eliminando lendas e gastos desnecessários

A maioria dos laptops atuais possuem baterias de íon-lítio, cuja arquitetura corrigiu um problema comum do passado, que era o chamado "efeito memória" (memory effect), por isso não há necessidade de completar um ciclo de descarga e outro de recarga completamente para inaugurar o uso do seu portátil. Como já dissemos, é sempre interessante recarregar a bateria quando ela já foi usada e encontra-se em níveis mais baixos, próximos a 15% de sua capacidade. Isso garante a sua precisão para conservar e gerenciar a energia elétrica, independente de uma fonte perene de abastecimento.

Outra lenda a fulminar: elas são componentes duráveis, porém não são perfeitas, eternas ou indestrutíveis. Em determinado momento, dependendo da intensidade e tempo de uso, pode ser preciso trocar a bateria do notebook. Nesse caso, o melhor a se fazer é a velha pesquisa de relação custo-benefício para averiguar o que vale mais a pena: comprar um note mais moderno e com mais recursos, ou gastar um pouco menos para manter o seu bom e velho aparelho.

Fonte: http://www.superdownloads.com.br/materi ... ebook.html


Dúvidas:
Como acontece com vários produtos relacionados a informática, as baterias são cercadas de mitos. Remover ou não a bateria ao utilizar o notebook na tomada? Tem problema comprar bateria pirata? É possível aumentar a vida útil da bateria do notebook? Vamos tirar essas dúvidas logo abaixo.

É verdade que devemos tirar o carregador da tomada quando a bateria do notebook carregar por completo?
Não. Se você tem uma tomada a disposição e não precisa de mobilidade, é preferível manter o notebook conectado à tomada. Toda bateria possui vida útil limitada pelo número de cargas. Portanto, utilizá-la sem real necessidade acarretará um desgaste desnecessário que contribuirá para o abreviamento de sua vida útil.

É necessário remover a bateria caso queiramos usar o computador ligado direto na tomada?
Não. Atualmente, as baterias de íons de lítio não possuem o efeito memória – ou vício, como é popularmente conhecido. Esse fenômeno era comum nas antigas baterias de níquel cádmio, que precisavam ser totalmente descarregada antes de iniciar uma nova recarga. Além disso, manter a bateria no computador evita que você perca seu trabalho em casos de queda de energia.

A bateria estraga se deixá-la zerar?
Sim. Quando o sistema operacional informa que o computador precisa ser conectado em uma tomada pois a bateria está sem carga, na verdade, a bateria ainda armazena uma quantidade mínima de energia para mantê-la funcional. Se você deixar a bateria descarregada guardada por um longo período de tempo, essa carga mínima de funcionamento pode ser perdida. Se isso acontecer, a bateria fica inutilizável.

Por que meu notebook não 'segura' a carga da bateria?
A vida útil da bateria deve estar no fim. Provavelmente ela já atingiu o número de ciclos (recarga e descarga) suportado – algum valor entre 300 e 400. O tempo varia de acordo com o uso, mas as baterias não costumam durar mais do que dois anos funcionando com toda sua capacidade. Passado alguns anos, o desgaste natural faz com que a bateria não aguente mais do que alguns minutos longe da tomada. Nesse caso, a solução é apenas uma: a substituição.

Como descartar corretamente a bateria com defeito do notebook?
Olhe o manual do notebook. Nele, o fabricante é obrigado a especificar onde a bateria – e o computador – deve ser descartado. Caso não possua mais o manual, essa informação também pode ser encontrada no site da empresa. O local de descarte geralmente é um centro de assistência técnica autorizada. Jamais desmonte uma bateria ou a descarte no lixo doméstico.

Tem problema comprar uma bateria 'pirata'?
Se a bateria atende todas as especificações técnicas do fabricante, não. Para descobrir esses dados, remova a bateria original do seu computador e observe a tensão elétrica (voltagem) e a corrente elétrica, tanto de entrada quanto de saída, e compare com as especificações da bateria que pretende comprar. Se todos os dados baterem, a bateria é totalmente compatível. Caso contrário, melhor não arriscar.

Fonte: http://www.techtudo.com.br/artigos/noti ... vidas.html

O que é uma bateria de íons de Lítio?

As baterias de notebooks são de Li-Ion(íons de lítio). As baterias de íons de lítio são um tipo de baterias recarregáveis muito utilizadas em equipamentos eletrônicos portáteis. Armazenam o dobro de energia que uma bateria de hidreto metálico de níquel (ou NiMH) e três vezes mais que uma bateria de níquel cádmio (ou NiCd). Outra diferença da bateria de íons de lítio é a ausência do efeito memória (não vicia), ou seja, não é preciso carregar a bateria até o total da capacidade e descarregar até o total mínimo, ao contrário da bateria de NiCd.

Capacidade de armazenamento:
capacidade.jpg


Cuidados:
As baterias de íons de lítio são facilmente corrompidas, inflamáveis e podem até explodir em altas temperaturas. Nunca a deixe exposta diretamente à luz do sol, curto-circuitos ou a abertura da embalagem também podem fazer com que a bateria se inflame. O uso do aparelho enquanto a bateria esta em carregamento também causa aquecimento da mesma.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Bateria_de ... l%C3%ADtio


Bateria Polímero Li

As baterias do polímero de lítio são um tipo de bateria recarregável do íon do lítio. Estas utilizam um polímero seco que permite serem manufaturadas em uma variedade maior de formas e tamanhos do que baterias do íon do lítio.

As baterias do polímero do lítio utilizam também um eletrólito para aumentar a condutância, são mais leves, pois não requerem as embalagens do metal como nas baterias de Li-Ion e são mais seguras (o eletrólito do polímero usado não é inflamável).

As desvantagens é que são mais caras, não seguram tanto a carga e possuem menos ciclos em comparação as baterias de Li-Ion.



http://www.manutencao-de-celulares.com. ... olimero-li