•  
     

Como colocar fotos em tira de filme no Gimp

Imagem


1. Ao abrir o Gimp, pressione as teclas Ctrl+Alt+O para abrir as imagens como camadas. Selecione as fotografias desejadas e clique em “Abrir”;

2. Para o resultado ficar bom, é preciso que as imsgens tenham o mesmo tamanho. Se não for o caso, use a ferramenta redimensionar, localizada na barra à esquerda, para deixá-las com a mesma largura e altura;

Imagem

3. Vá em “Filtros” > “Combinar” > “Tira de Filme”; Na janela que será aberta, apenas pressione “Ok”;

Imagem

4. Foi criada uma nova guia com a montagem. Você pode fechar o projeto anterior sem salvá-lo;

Imagem

5. Crie uma nova camada, pressionando o ícone indicado na imagem abaixo. Na janela que será aberta, digite 2000 para altura e largura da camada, deixando o campo “Tipo de preenchimento da camada” como “Transparência”. Dê “Ok”;

Imagem

6. Vá em “Imagem” e selecione “Ajustar tela às camadas”;

7. Agora abra “Visualizar” > “Zoom” > “Ajustar imagem na janela”;

8. Selecione a camada “Fundo” e em seguida selecione a ferramenta de movimento. Mova a imagem até mais ou menos o meio do quadrado, um pouco à direita, como mostrado abaixo;

Imagem

9. Aumente o zoom até que a figura ocupe toda sua tela. Agora clique com o botão direito do mouse sobre a camada “Fundo” e selecione “Adicionar canal alfa”;

10. Clique na ferramenta de seleção por cor e dê um clique na área branca de dentro dos quadradinhos do filme (não se preocupe com as partes brancas das fotos que foram selecionadas);

Imagem

11. Selecione a ferramenta borracha, escolha o pincel “Hardness 100″ e coloque o tamanho para 40. Para apagar a parte branca, uma dica é dar um clique sobre o primeiro quadrado, segurar a tecla Shift e fazer uma linha reta até o último quadrado, onde você dará o segundo clique – assim, todos os quadrados serão apagados de uma só vez, tornando-se transparentes;

Imagem

12. Dê um Ctrl+Shift+A para remover a seleção. Com o botão direito do mouse, clique sobre a primeira camada e selecione “Combinar abaixo”;

13. Se você quiser uma tira de filme reta, pode parar o procedimento por aqui. A partir de agora, criaremos um efeito de movimento na tira, que a deixará com um aspecto mais sofisticado. Primeiro, mova a barra de rolagem para a esquerda. Clique na ferramenta seleção retangular e selecione a última fotografia, deixando a borda bem próxima a da foto à direita. Veja o exemplo;

Imagem

14. Escolha a ferramenta de redimensionar e clique na imagem selecionada. No box aberto, deixe o ícone de corrente “destravado”, de forma que o programa não fixe a proporção. Estique horizontalmente a imagem, até o dobro do seu tamanho original, conforme a figura abaixo;

Imagem

15. Vá na borda da direita e estique muito pouco nesta direção, não chegando a ultrapassar a outra fotografia. Clique em “Redimensionar”;

16. Perceba que esta fotografia virou uma seleção flutuante. Para fixá-la junto à outra camada, clique na âncora, cujo ícone está destacado na imagem a seguir;

Imagem

17. Vá na ferramenta de seleção retangular e selecione toda a tira. Dê um Ctrl+C e depois Ctrl+V para duplicar a imagem em uma camada flutuante;

18. Selecione a ferramenta espelhar e, em tipo de espelhamento, escolha “Vertical”. Dê um clique na imagem (que está na camada flutuante);

Imagem

19. Selecione a ferramenta de movimento e clique na imagem. Mantendo a tecla Ctrl pressionada, arraste-a até um pouco abaixo da imagem original (não espelhada), deixando um espaço pequeno entre as duas. Mude a opacidade para 35%;

Imagem

20. Clique na âncora para fixar a seleção flutuante ao fundo;

21. Mais uma vez, clique na ferramenta de seleção retangular, mas agora envolva as duas tiras (a original e o reflexo);

22. Abra “Filtros” > “Distorções” > “Dobrar em Curva”;

23. Na janela aberta, marque a pré-visualização automática. Em “Curva para a borda”, marque primero a opção “Superior”, que irá definir as dirtorções da margem superior da sua seleção, e configure a curva conforme na figura 1. Depois selecione a opção “Inferior”, que ajustará a margem de baixo da seleção, e faça o mesmo desenho da distorção anterior, só que no sentido oposto, como fica demostrado na figura 2;

Imagem

24. Ao clicar em “Ok”, você vai perceber que foi criada uma nova camada flutuante contendo a imagem distorcida. Primeiramente, clique com o botão direito do mouse sobre ela e selecione “Para nova camada”, o que fará com que ela deixe de ser flutuante e se torne uma camada real;

25. Delete a camada “Fundo”, que tem a imagem reta;

Imagem

26. Exporte como PNG para manter a transparência ou como JPG se quiser deixar a tira com fundo branco. O resultado final pode ser conferido no início deste tutorial.

Fonte: TechTudo (Alterações)


Ressuscitado pela última vez por YuriAlessandro em 15 jun 2013 11:30.