•  
     

Como as diferentes versões do Chrome continuam funcionando sem problemas

Imagem

Você já parou para pensar como deve ser difícil fazer com que todas as versões do Google Chrome funcionem perfeitamente, se os dados e códigos de atualização estão sempre em transição? O blog oficial do navegador detalhou mais alguns aspectos de como isso é possível.

Segundo os desenvolvedores, esse sistema funciona graças a uma infraestrutura chamada “fuzzing”. Trata-se de um grupo de máquinas virtuais que rodam, simultaneamente, pelo menos 6 mil modificações já feitas desde o lançamento da primeira versão do navegador.

A capacidade de ClusterFuzz quadruplicou desde que o sistema foi construído e, nas próximas semanas, a empresa pretende quadruplicar novamente o potencial de processamento. Todo o processo é automatizado, incluindo a gestão de testes, a análise de falhas e a correção de bugs.

A maior vantagem do sistema de ClusterFuzz, segundo a publicação, é a possibilidade de detectar em tempo real problemas relacionados à segurança. Nos últimos meses, o cluster capturou 95 tipos de vulnerabilidade e 44 delas puderam ser corrigidas antes mesmo do lançamento das versões finais do navegador.



Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/google-chrom ... z1tI0YulU8
 
Que Loco