•  
     

Clima tranquilo na pesagem do UFC 165 entre Jon Jones e Gustafsson.

Clima tranquilo na pesagem do UFC 165 entre Jon Jones e Gustafsson.
Momento de maior tensão entre as tradicionais encaradas foi quando os pesos-pesados Brendan Schaub e Matt Mitrione precisaram ser separados

O clima amistoso prevaleceu na pesagem oficial do UFC 165, em Toronto, Canadá, entre o campeão meio-pesado Jon Jones e o desafiante Alexander Gustafsson. Enquanto o sueco mostrou toda sua confiança em levar o cinturão para a casa e olhou Jon Jones fixamente, o americano preferiu desviar o olhar e focar sua concentração no público, que vibrava com o que acontecia no Air Canada Center. Pronto a defender o título pela sexta vez, sendo a terceira no Canadá, Jon Jones não acredita que a altura e o alcance de Gustafsson possa fazer alguma diferença no resultado final.

- Bom, acho que esse esporte é sobre inteligência e plano de jogo. Eu estou pronto e preparado, além de agradecido por estar aqui. Esta será a terceira vez que eu defendo meu cinturão no Canadá e estou preparado para continuar sendo o campeão dos meio-pesados - disse Jon Jones, que jogou seus tênis e sua camisa para o público antes de bater o peso.

Já Alexander Gustafsson, que também contou com alguns aplausos e bandeiras da Suécia espalhadas pelo público presente, foi bem mais econômico nas palavras, porém se manteve confiante em sair vitorioso do octógono deste sábado.
- Bom, eu tenho trabalhado para fazer o que for preciso para me tornar o novo campeão da divisão. E eu sei que vou levar este cinturão para casa - afirmou Alexander Gustafsson.

A pesagem do UFC 165 não teve muitos momentos de tensão. Se a encarada entre os protagonistas Jon Jones e Alexander Gustafsson não chegou a ter nenhuma dose de dramaticidade, o mesmo não pode ser dito entre os pesos-pesados Brendan Schaub e Matt Mitrione. Na tradicional encarada, além da necessidade de intervenção de Dana White, os lutadores foram embora se olhando e trocando ameaças para o momento da luta dentro do octógono.

O brasileiro Renan Barão, que irá defender o cinturão interino dos pesos-galos, além de bater no limite o peso necessário da categoria, teve uma encarada bem tranquila com o desafiante Eddie Wineland. Enquanto o americano, que passou 110g na pesagem mas por estar de sunga teve o peso validado, se manteve concentrado com os dois punhos para cima cerrados, o brasileiro ficou o tempo todo da encarada com a "guarda baixa".

O momento de descontração ficou por conta do peso-leve russo Khabib Nurmagomedov que entrou para a pesagem com uma peruca extravagante branca. Se não fosse já suficientemente incomum o acessório, o lutador ainda emprestou a "cabeleira" para o adversário, o americano Pat Healy na hora da encarada. O que normalmente é um momento de bastante tensão, acabou se tornando um fraternal abraço entre os lutadores.


http://sportv.globo.com/site/combate/no ... fsson.html