•  
     

Cinco alternativas de disco virtual para guardar seus arquivos na "nuvem"

No atual estágio em que se encontram as tecnologias de informação e comunicação, a flexibilidade tornou-se requisito indispensável para dispositivos e serviços disponíveis no mercado. Nesse contexto, os discos de armazenamento virtual de dados vêm ganhando cada vez mais espaço como ferramentas essenciais, permitindo ao usuário armazenar em uma plataforma virtual (a chamada "nuvem) arquivos como textos, músicas e fotos, os quais podem ser acessados a partir dos inúmeros aparelhos à sua escolha.

iCloud

O iCloud é o serviço de armazenamento virtual da Apple, o qual permite ao usuário armazenar 5 GB de arquivos gratuitamente (cada GB adicional custa R$ 0,30 por mês). Entre outras funcionalidades, o serviço permite ao usuário fazer backup de seu HD, armazenar músicas, vídeos e outros tipos de arquivo, além de servir de plataforma para os serviços de email, reminder e calendário da Apple.

O serviço é compatível com plataformas iOS, OS X e Windows (esta, somente no desktop; smartphones Windows Phone ficam de fora), e se você é proprietário de um iPhone, pode sincronizar seu aparelho direto com a nuvem, garantindo o backup dos seus arquivos. Um ponto desfavorável ao serviço da Apple é a impossibilidade de compartilhar arquivos com outros usuários, funcionalidade presente em diversos concorrentes.

Google Drive

O Google Drive é o serviço de armazenamento virtual da Google, que fornece até 5 GB de espaço gratuito na nuvem (o usuário tem ainda a possibilidade de comprar espaço adicional, a R$ 0,18 por GB por mês).

O serviço não é exclusivo para usuários de plataformas da Google, se integrando a uma diversidade de sistemas operacionais para além do Android, tal como o iOS, o Mac OS X e o Windows. É necessário, entretanto, ter uma conta Google para poder usufruir do serviço, o que restringe de certa maneira a liberdade do usuário. O Drive tem integração total com o Google Docs, e aceita ainda compartilhamento de arquivos entre diversos usuários.

Dropbox

Apesar de oferecer espaço de armazenamento inicial de apenas 2 GB gratuitos, o Dropbox conta com uma interessante opção na qual, ao indicar amigos para o serviço, o usuário ganha espaço extra, podendo chegar a um total de 18 GB grátis (com opção de compra de espaço adicional, a R$ 0,36/GB por mês). O serviço ganha pontos ainda por sua interface bastante simples, podendo ser acessado tanto por meio de página web quanto por aplicativo (instalado no hardware do usuário).

Um outro ponto forte do Dropbox é a facilidade de integração entre usuários que dividem uma mesma conta: o compartilhamento de conteúdo é extremamente fácil, bastando um dos usuários carregar um arquivo no Dropbox para que os outros imediatamente tenham acesso ao documento. Ademais, trata-se de um serviço compatível com qualquer plataforma (ao contrário do iCloud) e que pode ser acessado por qualquer servidor de email (ao contrário do Google Drive).

Windows SkyDrive

O serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft oferece até 7 GB gratuitos (pode-se comprar mais espaço, por R$ 0,08/GB mensais), e tem integração total com a plataforma Windows, havendo inclusive a opção de sincronização com os softwares do pacote Office, permitindo editar e salvar arquivos do Word, Excel ou Power Point diretamente na nuvem.

Há também versões do SkyDrive para iOS e OS X (o Android fica de fora). O serviço possibilita o compartilhamento de arquivos com outros usuários do SkyDrive, além de permitir a postagem direta de arquivos da nuvem em redes sociais como o Facebook e o Twitter.

Sugar Sync

O Sugar Sync é um serviço de armazenamento em cloud com espaço de até 5 GB gratuitos (cada GB adicional custa R$ 0,30/mês), e que tem como principal vantagem a sua versatilidade. Assim como o Dropbox, este serviço é compatível com uma série de plataformas diferentes (Android, iOS, Windows, Symbian), além de permitir o compartilhamento de arquivos entre diversos usuários. O Sugar Sync tem um procedimento bastante simplificado para o upload de arquivos e, também à semelhança do Dropbox, permite a sincronização de pastas do HD com o arquivamento na nuvem.
 
oshi, estranho ;s