•  
     

Brasil leva reserva a mais no 4x100m feminino e terá 259 atletas nos Jogos

Vanda Ferreira Gomes, que iria apenas para os campings de treinamento, será opção para equipe titular. Diego Cavalcanti, lesionado, pede dispensa
O Brasil ganhou um nome a mais na delegação que vai a Londres. No dia da confirmação oficial da lista para os Jogos, a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) divulgou a inclusão de Vanda Ferreira Gomes como reserva do revezamento 4 x 100m feminino. Assim, o número total de brasileiros nas Olimpíadas sobe para 259. A meta do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) era conquistar 250 vagas e, na Inglaterra, igualar as 15 medalhas de 2008, quando competiu com 277 atletas em Pequim. Em Atenas-2004, foram 247 brasileiros.
Vanda, a princípio, iria apenas para os campings de atletismo antes dos Jogos. Mas, como a equipe feminina ocupa a quinta colocação do ranking mundial da Federação Internacional de Atletismo (Iaaf), o país ganhou o direito de ter mais uma reserva em Londres. Assim, a delegação de atletismo terá 36 atletas na competição.
Até quinta-feira, primeiro dia do Troféu Brasil, a delegação brasileira tinha 246 atletas. Naquela manhã, Caio Bonfim se garantiu na marcha de 20km. No sábado, Luiz Alberto de Araújo fez índice no decatlo. No domingo, Ricardo D’Angelo, chefe da delegação de atletismo, havia divulgado os nomes do revezamento, sem Vanda, que iria apenas para os campings.
Na lista oficial, outras duas mudanças. Diego Cavalcanti alegou uma lesão e pediu dispensa do grupo. Nos 200m, ele será substituído por Sandro Viana, que também conquistou o índice da prova. No revezamento 4x100m, entrará José Carlos Gomes Moreira, como reserva.
Há ainda dois casos pendentes no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS, em inglês). Marcio Wenceslau, do taekwondo, tenta inverter o resultado do Pré-Olímpico, por não concordar com a decisão dos árbitros na derrota para o mexicano Damian Villa. Luiza Almeida, do hipismo adestramento, teve sua classificação contestada por uma adversária. A dominicana Yvonne Losos de Muniz alega que o Grand Prix de São Paulo foi marcado em cima da hora para dificultar a presença de estrangeiras. Ela também afirma que havia três árbitros brasileiros. O caso seria julgado na segunda-feira, mas a entidade não divulgou o parecer.
No dia 11, o COB fará a inscrição da delegação. É a data-limite para os esportes que ainda não anunciaram os convocados, entre eles vôlei, basquete e ginástica. Dependendo da modalidade, poderá haver substituição em caso de lesão. Em alguns, como judô, a troca só é permitida se o país tiver outro atleta na zona classificatória.
Em Pequim-2008, o Brasil conquistou três ouros, quatro pratas e oito bronzes. Cesar Cielo nos 50m livre da natação, Maurren Maggi no salto em distância e a seleção feminina de vôlei foram campeões olímpicos.
Anexos
vanda_gomes.jpg
vanda_gomes.jpg (16.12 KiB) Visto 150 vezes
nat_cesarcielo_fernandoazevedo_flaimagem.jpg