•  
     

Brasil indica 'O som ao redor' para tentar vaga no Oscar 2014

Brasil indica 'O som ao redor' para tentar vaga no Oscar 2014
Escolha do filme foi anunciada pelo Ministério da Cultura nesta sexta.
Seleção final para candidatos a melhor filme estrangeiro é feita pelo Oscar.

O Ministério da Cultura divulgou nesta sexta-feira (20) que o filme "O som ao redor" vai ser o representante do Brasil na disputa pelo Oscar 2014 na categoria melhor filme estrangeiro. A seleção final dos filmes que vão concorrer será definida pela organização do Oscar.

Imagem

O filme foi foi incluído na lista de dez melhores do ano de 2012 do crítico A. O. Scott, do jornal "New York Times", publicada em dezembro do ano passado. Na lista do crítico, o filme brasileiro ficou em nono lugar.
"O Som ao Redor" ganhou 10 prêmios em festivais no país - dentre eles de melhor filme pelo júri popular e pela crítica, melhor diretor e melhor som no Festival de Gramado.
Também levou estatuetas nos festivais do Rio (Melhor Filme e Roteiro) e na 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (Melhor Filme), além de festivais internacionais como Copenhage e Roterdã. Fora do Brasil, participou de 70 festivais.
Segundo a distribuidora do longa-metragem, Vitrine Filmes, a película foi lançada em 11 países. No Brasil, entrou em cartaz no país em 4 de janeiro deste ano e foi assistido por quase 100 mil pessoas nas salas de cinema do país.
Critérios de escolha
Segundo o secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, Leopoldo Nunes, a comissão especial de seleção encarregada de selecionar o candidato brasileiro ao Oscar filtrou dois dos 14 filmes inscritos. O colegiado, no entanto, optou pelo longa-metragem de Kléber Mendonça. O secretário não quis revelar o título do filme que chegou à etapa final com “O Som ao Redor”.
Nunes se limitou a dizer que a outra película finalista na seleção também era de um diretor estreante. “A gente tinha dois filmes igualmente valorosos e originais e acabamos optando por um título. Chegamos a dois títulos superoriginais, bem autorais, dois filmes de estreia”, ressaltou.
Indagado sobre o motivo de a comissão ter escolhido um filme que não havia obtido tanto sucesso nas bilheterias, em comparação a títulos como “Gonzaga de Pai para Filho” e "Faroeste Caboclo”, o secretário do Audiovisual justificou que a opção levou em conta os critérios que são utilizados pela academia de Hollywood.
“Temos lá [nos Estados Unidos] uma festa do cinema americano, que seleciona filmes americanos. São diversos países que indicam filmes [...] Tem de ser um filme de excelência, de originalidade. É levado em conta muito mais a criatividade e originalidade do que orçamento e sucesso que obteve nas bilheterias de seu país”, enfatizou Nunes.
Produtora do filme “O Palhaço”, que foi indicado pelo Brasil para disputar a estatueta de melhor filme estrangeiro de 2013, Vânia Catani foi uma dos cinco integrantes da comissão que selecionou nesta sexta o filme pernambucano.
Na entrevista na qual foi divulgado o candidato brasileiro ao Oscar de 2014, a produtora observou que há várias dificuldades financeiras e logísticas para divulgar um filme estrangeiro nos Estados Unidos. “Espero que o Kléber [diretor de ‘O Som ao Redor’] esteja com disposição, porque o bagulho é _____”, brincou.
Aproximadamente 70 filmes do mundo inteiro serão indicados para a comissão do Oscar, em Los Angeles, para disputar a categoria de melhor filme estrangeiro. Desses, somente cinco serão selecionados para disputar a estatueta do Oscar 2014. Os finalistas ao prêmio devem ser anunciados em janeiro do ano que vem.
Confira a lista dos 14 filmes que disputaram na seleção nacional:
1) Cine Holliúdy
2) Colegas
3) Cores
4) Elena
5) Faroeste Caboclo
6) Gonzaga de Pai para Filho
7) Meu Pé de Laranja Lima
8) O dia que durou 21 anos
9) O que se move
10) O som ao redor
11) O tempo e o vento
12) Porto dos mortos
13) Uma história de amor e fúria
14) Xico Stokinger

Jornal Do Dj_Cross '-' G1.blobo