•  
     

Após queda, Palmeiras foca reformulação interna

Nada de camisetas com estampas emotivas, coleções de produtos ou slogans. Rebaixado à segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras optou pela introspecção. A prioridade do marketing alviverde até o fim deste ano será uma revisão interna, que servirá como base para a próxima gestão.

A reestruturação interna foi apresentada pelo presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, em reunião de funcionários realizada na última sexta-feira, antes da rodada que selou a queda. O encontro serviu para o mandatário oficializar a contratação de Rodrigo Geammal, novo responsável pelo marketing da equipe.

A missão mais premente de Geammal no novo cargo é “arrumar a casa”. O Palmeiras já definiu que o marketing terá como foco o torcedor, e a ideia é que a pasta tenha um planejamento independente do cenário político.

Em janeiro de 2013, o Palmeiras terá eleições presidenciais. Os candidatos ainda não foram anunciados oficialmente, mas é possível que Arnaldo Tirone tente continuar no cargo. As diretrizes de Geammal coincidem com esse cenário incerto.

Como decidiu priorizar a reformulação interna, o Palmeiras não deve fazer nenhuma ação imediata sobre a queda. O time publicou um texto emotivo em seu site oficial no último domingo, logo depois de o descenso ter sido confirmado – a equipe do Palestra Itália empatou por 1 a 1 com o Flamengo em Volta Redonda, mas foi rebaixada porque Bahia e Portuguesa somaram pontos (vitória sobre a Ponte Preta e empate com o Grêmio, respectivamente).

Tirone tem um discurso recorrente sobre terceirizar o marketing do Palmeiras. A pasta era gerida por Juan Brito quando o atual presidente entrou, mas o profissional foi demitido em dois meses. Depois disso, até um triunvirato foi tentado. Antes de Geammal ser contratado, o departamento era tocado por Francisco Galluci.



Fonte: maquinadoesporte.com