•  
     

Após ótimo primeiro tempo do tricolor, jogo entre São Paulo e Tigre é suspenso = São Paulo Campeão

A festa estava bem encaminhada. Após um jogo violento e tenso na primeira etapa, o São Paulo saiu de campo nos primeiros 45 minutos vencendo o Tigre por 2 a 0, com ótima apresentação de Lucas, que se despedia do tricolor paulista para ir para o Paris Saint-Germain, em negociação concretizada ainda no meio do ano. A confusão começou desde antes da bola rolar, com pedras sendo atiradas no ônibus dos jogadores do Tigre. Quando a equipe argentina subiu para aquecer no gramado, foi impedida pelos seguranças do Morumbi, sob a alegação que o gramado precisava ser preservado. A determinação não foi cumprida e os jogadores aqueceram no gramado.

Ao final da primeira etapa, Lucas, que foi duramente caçado durante o primeiro tempo, mostrou o algodão cheio de sangue para o jogador que o agrediu durante o jogo. Os empurrões se acumularam mas os jogadores foram separados pela turma do “deixa disso”. Após o tumulto, Paulo Miranda, do São Paulo, e Diaz, do Tigre, foram expulsos. Tudo parecia resolvido para o retorno ao segundo tempo, mas os transtornos não tinham terminado ainda. Um incidente no vestiário do Tigre fez com que policiais militares e seguranças do São Paulo descessem até o local. Jornalistas argentinos, através de redes sociais, disseram que houve confronto com os jogadores argentinos nos vestiários da equipe argentina.

Sem nenhuma confirmação do fato, o time do São Paulo retornou para o gramado. Após alguns minutos de atraso, o técnico do Tigre Néstor Gorosito, informou que seus jogadores não iriam retornar para o jogo. Minutos depois, a Confederação Sul-Americana de Futebol, através de seu twitter oficial, informou a respeito da suspensão da partida, confirmada logo depois pelo árbitro da partida, Enrique Osses. Um dirigente da equipe argentina ainda mostrou um ferimento na testa como suposta prova da agressão dos seguranças do Morumbi/Policiais Militares. Alheia à confusão, a torcida do São Paulo entoava cânticos de “é campeão”. No dia em que muito se falou sobre o fim do mundo, o dia 12 de dezembro de 2012 terminou de forma frustrante para o São Paulo, para Lucas e para o futebol sul-americano, que dá amostras de ainda patinar em termos de organização e segurança.
Imagem
Última edição por egonmarcelo em 12 dez 2012 22:43, editado 1 vez no total.
 
Todo poderoso timãoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
aqui é tricolor no coraçãooooooooooooooooooooooooooooooo'.
 
vish pizada mais mudano de assusto egonmarcelo c tem qts anos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk????
 
TRICOLOR NO CORAÇAO SAO PAULO ENTERNAMENTE !
 
o Time Trigre é um Cagão Fiko Com Medo DE Perder e Apanhar kkkkkk
Nao Sou São Paulo
Aqui é Tricolor Gaúcooooo <3