•  
     

7 armas militares inacreditáveis que foram projetadas

Loucura ou ousadia? Confira alguns veículos e armas militares que parecem ter saídos das histórias mais incríveis de ficção científica.

Embora essa não seja uma afirmação agradável, a evolução dos equipamentos militares é uma das grandes responsáveis pela evolução tecnológica. A partir de pesquisas realizadas para desenvolver novidades para os soldados, muitas vezes o resultado acaba sendo aproveitado por outras companhias.

Em se tratando de veículos militares, a criatividade dos designers e engenheiros parece não ter fim. O site Cracked elaborou uma lista com sete veículos militares inacreditáveis já construídos que, por suas características ou funções, parecem mais ter saído de um conto de ficção científica.
Tanque-parafuso

Criado pelos russos na época da Guerra Fria, o tanque em formato de parafuso tinha como objetivo ser uma arma contra a neve, já que tanques e hovercrafts tinham dificuldades em transpor esse tipo de barreira. Porém, o que ninguém imaginou é que ele teria outro ponto negativo que o faria ser deixado de lado.



Mesmo em condições ideais, o tanque-parafuso era extremamente lento. Além disso, direcionar os parafusos para algum dos lados também não era uma tarefa fácil. No final das contas, tudo o que o tanque conseguiu foi derrubar algumas árvores, como mostra o vídeo acima.
Tanque Tsar

Outra invenção russa, os tanques Tsar não conseguiram sair da fase de testes por razões que hoje parecem bastante óbvias, mas que à época da sua criação, em 1923, não pareciam. As duas grandes rodas dianteiras se tornariam alvos fáceis em um campo de batalha.

Imagem
Além disso, o veículo tinha duas rodas menores como forma de tração. No primeiro teste, embora tenha rodado suave em um terreno firme e passado por cima de árvores sem tomar conhecimento, as rodas traseiras do tanque Tsar afundaram na lama e, com elas, foram por água abaixo mais um projeto militar.
Nazi Jetcopter

Durante a Segunda Guerra Mundial, os alemães estavam em busca de novos projetos para sair na frente na corrida armamentista. Uma das ideias que surgiram foi o Nazi Jetcopter, um helicóptero que contaria com foguetes nas laterais, para facilitar pousos e decolagens.


Imagem
Por razões obvias o projeto não foi muito adiante. A principal razão é que as hélices girando em alta velocidade, somadas com a fumaça expelida pelos foguetes laterais, fariam com que o piloto fosse obrigado a pousar sob uma nuvem de fumaça, aumentando consideravelmente os riscos.
Dirigível que transporta um avião

Os Estados Unidos bem que tentaram, mas pelo jeito ainda não descobriram uma maneira de fazer com que outras aeronaves carreguem aviões que possam “decolar” do ar. Essa ideia brilhante foi cogitada em com o projeto XF-85 Goblin.

Imagem
A ideia era fazer com que um dirigível, sem trem de pouso, pudesse carregar pequenos aviões e “soltá-los” em meio ao campo de batalha. Os primeiros testes com o dirigível apenas, sem avião nenhum sendo carregado, já se mostraram desastrosos e, em duas tentativas, ocorreram dois acidentes.
GE Quadrúpede

Você se lembra dos AT-AT walkers da série Star Wars? A ideia da GE foi a de fazer quase a mesma coisa. A empresa pretendia desenvolver caminhões que pudessem se locomover sobre quatros pernas mecânicas, carregando baús de carga a longas distâncias.

Imagem
Oprojeto não foi pra frente por falta de verba e por ter a sua utilidade questionada, Afinal, o que eles são capazes de fazer que um caminhão já não faz? Contudo, não pense que a ideia foi abandonada. Os Estados Unidos colocaram em testes no Afeganistão uma espécie de robô-mula, que faz a mesma coisa, mas em menor escala.
Tanque de uma roda só

Pouco antes da Segunda Guerra Mundial, o inventor A. J. Richardson pensava na criação de um veículo imbatível. Assim, ele pensou em eliminar as rodas e transformar a unidade de combate em uma cápsula única. Uma grande bola de metal que se locomoveria por aí, passando por cima de tudo e de todos.

Imagem
Porém, basta olhar para o desenho para perceber diversos problemas. O primeiro deles é: como quem está dentro percebe o que está acontecendo lá fora? Além disso, com o veículo todo girando, como o soldado que estava lá dentro não ia ficar enjoado? Essas perguntas ficaram sem reposta e, só por isso, o projeto foi abandonado.
Moto-canhão

Imagine transformar motocicletas em canhões sobre duas rodas. Esse conceito também passou pelas mãos dos projetistas e a ideia era criar um veículo de combate para dar suporte para paraquedistas durante saltos.

Imagem
Por que a ideia não deu certo? Simples. No protótipo, o piloto ficava sentado sobre o canhão. Então, ao disparar uma bala, além de sentir o impacto nas partes íntimas, o pobre soldado era obrigado a suportar o calor emanado pela arma. Tudo isso enquanto se equilibra em duas rodas e em alta velocidade. Pois é, não tinha como dar certo.
fonte
 
 
a moto e DAHORA .



by : mk0^ NovoTopico.com
4FUN 4 .
MSN :[email protected]
Skype : joalisson122
4Fun 4 - 200.98.214.107:27018

\0/ \0/
 
Muito show tive de ler todos e olha que sou mt preguiçoso mais eu gosto desse tipo de assunto vlw ^^
 
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ' TBM ACHEI A MOTO DAHORA .
HSAUHSAUHSAU '

t;show; - NovoTopico.com
Novotopico 4fun 4
IP:200.98.214.107:27018

Qem concorda da?Joinha


Msn:[email protected]
skype: joandersonjb