•  
     

5 tecnologias que estão nos deixando mais burros.

1. GPS

Se você precisa chegar em algum lugar, qual é a solução mais viável? Alguns podem pegar mapas, outros calculam as rotas automaticamente pelo Google Maps e um terceiro tipo de pessoa prefere utilizar os aparelhos de navegação por GPS. Qual dos perfis descritos tem menos trabalho para chegar até onde desejam? Acertou quem escolheu os donos de GPS.
Imagem
2. Calculadora

Calcule: (4x + 12).(4 + 3x). É uma conta relativamente simples que exige poucos passos para ser resolvida, mas há muitas pessoas que preferem utilizar uma calculadora para chegar aos resultados. Em operações matemáticas mais complexas é aceitável a utilização de artifícios que tornem o processo mais simples, mas o problema é que isso tem se tornado um hábito ruim.
Imagem
3. Smartphones

Tudo o que precisamos para nossas vidas está nos smartphones. Compromissos podem ser marcados e anotações criadas sem que precisemos escrevê-las — basta copiar e colar os dados desejados. Distrações, então, existem às dúzias. Tudo isso fica ao alcance dos dedos e não demanda qualquer esforço para ser acessado.
Imagem

4. Corretor automático

Você acha que utiliza muito do seu cérebro quando está escrevendo? E prefere escrever à mão ou digitar? Segundo um estudo publicado pela BBC, se a sua opção for a segunda, é melhor desligar o corretor automático de seu computador ou portátil. Há claras evidências de que os corretores fazem com que as pessoas escrevam com menos preocupação quanto à grafia, pois, se houver algum erro, ele será corrigido.
Imagem
5. Multitasking

O Instituto de Psiquiatria da Universidade de Londres publicou, em 2010, um estudo revelando que a constância em multitarefas pode ser mais prejudicial ao QI humano do que o consumo de algumas drogas, como a Cannabis sativa. O mesmo estudo ainda foi utilizado para revelar que as pessoas com muitas tarefas simultâneas podem acabar com desempenho inferior ao de pessoas com privação do sono.

Imagem

Fonte:http://www.tecmundo.com.br
creditos:eu